terça-feira, 12 de março de 2019

Diário Mexicano

Estou viva. Estou bem.
No dia 12 fui até Itália relaxar uns dias, sozinha. O stress da ida ao México estava insuportavel. O medo era enorme. As pesquisas de pânico também (narcotrafico, trafico humano... todas essas coisas que me pareceu fixe pesquisar nas semanas que precederam a viagem).
Dia 16 lá fui eu, de direta, tremendo, 12h de avião.
E agora que já passou quase um mês, o que dizer?
Fui recibida com rosas, balões e chocolates.
Os dias foram marcados por passeios ao Centro, a museus, até a simples paseios de carro que eu pedia para ver a movimentação nas ruas e desmistificar medos.
Já fomos passar um fim-de-semana a outras cidades.
Fomos 1 semana a Cuba (dará outro post).
Próxima semana vamos a Cancun.
A maior surpresa foi sem dúvia a família dele: a mãe é do mesmo signo que eu e, curiosamente, temos muito em comum. Tem-me tratado mais que bem!
A avó também é atenciosa. Os amigos simpáticos.
Como ambos fazemos anos em dias próximos e estariamos em Cuba nessa altura, a mãe dele organizou-nos um jantar adiantado de aiversários. Obviamente, os convidados eram os amigos dele. Mas havia igualmente presentes e bolo para mim. Fiquei sem palavras!
E assim tudo em corrido de forma suave, calma e feliz.
Só me custa a falta de liberdade. Ou seja, não posso simplesmente enfiar-me num autocarro e ir até ao centro porque é perigoso (justamente hoje, raptaram um autocarro noutro Estado e têm 19 reféns). O risco e o perigo aos quais não estou acostumada é o que me tiram do meu estado zen!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Finito!


E acabou a licenciatura!
Só que a universidade só me dará o diploma no final do ano lectivo: Julho.
Deste modo e como tenho de fazer tempo até lá… vou uns meses para o Mexico com o mais que tudo e tentar fazer trabalho humanitário lá para dar vida ao currículo desta recém formada.
A felicidade, alivio e lágrimas foram mais que muitas. E agora o pânico e a ansiedade são também enormes perante estes meses num país reconhecidamente violento.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Contagem decrescente






15 dias..... só faltam 15 dias para a felicidade ou para a desgraça...
Respira... tenta que a ansiedade e o choro não levem a melhor...
Calma...

Coisa do Demo!

Massagem moduladora.
Há quem diga que vale a pena, que ajuda muito, que "Wooooow!" na celulite e tal mas... e o que aquilo dói?? Ok... se fosse fácil e simples, ninguém tinha celulite mas tinha de ser um processo tão dantesco a eliminação de nodulos de gordura?
Eu até fiquei mal disposta! E note-se que costumo ser super resistente à dor.
Acabou-se a estética!

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

A típica resolução de ano novo

Inscrição no gym... check!
Começar amanhã às 7h.
Nunca pensei serdas que acorda cedo para ir ao ginásio; de propósito para isso. Eu não acordo nem para fazer chichi!
Mas pesei-me e a semana passada tive uma lombalgia e inflamação do nervo ciático graças ao meu novo peso e assim não posso continuar.
Vamos lá ver se o foco dura!
Meta: 10kg em 5 semanas.

sábado, 15 de dezembro de 2018

Da enorme pressão do fim

Supostamente estou a umas 6 semanas de ser licenciada.
Supostamente...
Sei que o estágio está no papo! Mas tenho uma disciplina em atraso que envolve matematica e à qual fui a uma unica aula e nada mais.
E recordo bem do panico que senti nessa aula, na qual fiz a mesma pergunta umas 4 vezes e depois desisti de continuar a perguntar e a deixar claro a minha ignorancia.
Não sei para onde me vire...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Na saúde e na doença





E já vão 3 meses de hospitais e cirurgias e muita perda de fé.
Primeiro tinha as vias biliares obstruidas, depois retirou a vesicula, depois houve um sem fim de complicações e agora uma bactéria resistente como o Diabo, que não se controla ou elimina de maneira nenhuma.
Com isto, ele já vai nos 63kg, muito desanimo e depressão. Ao que parece, na familia, houve um tio e um primo que faleceram de uma bacteria que nunca se chegou a identificar e, como tal, não foi viavel combate-la.
Este pensamento não lhe sai da mente nem a mim. Temo o pior...

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

E quem tem pulgas ponha a mão no ar !

Pois... os meus colegas de casa deixaram os meus gatos ir ao quintal, subir o limoeiro, rebolar na terra e... adivinhem?!? Trouxeram pulgas! Tive de lhes dar um comprimido de emergencia, mais uma pipeta 48h depois e correr para a lavandaria e meter tudo o que estava ao alcance de molho a alta temperatura. Ainda assim, dicas precisam-se!
Seguindo o google, lavei o chão com chá de limao e vinagre e polvilhei-o de sal. Parece saído de um encontro de gente com caspa! E por cima, spray anti pulgas. Ainda assim continuo a encontrar algumas...
Dicas, conselhos??

Novo vício


E a 2 dias do desemprego descobri uma nova paixão: KEPLER.
Recomendo muito.
Tenho tendencia a ler coisas mais pesadas e eruditas mas decidi aproveitar uma promoção no 1º volume, o "Hipnotista" e fazer caso às centenas de criticas positivas que tinha lido. Arrisquei. Vou a meio. E estou a adorar. Um excelente policial, complexo, inteligente. Vai na loucura e fui hoje comprar a coleção inteira.
Parecendo que não, passar de ter 2 empregos, uma licenciatura cheia de cadeiras e um estágio para.... estagio e uma cadeira... é demasiado tempo livre!

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

E acabamos o ano como?

Como parasita social!

Entrei para a empresa em 2015. Chegou aquele momento de tensão: 3 anos, 3 contratos... passas a efectivo ou rua?
Pois... foi rua para todos. Nem um foi considerado.
Este é o ultimo mês. E pela primeira vez na vida decidi ser desempregada. Porque acabo a universidade e o estágio em Janeiro e todos os anuncios de emprego que tenho visto não são conciliaveis com estes dois mencionados. E a 2 meses do fim, não vou deitar tudo a perder.
E porque em fevereiro quero visitar o mais que tudo no Mexico que continua doentinho e o impossibilitou de voltar desde julho.
Não será fácil porque não estou acostumada a ter tempo livre e vou fritar a boneca. Mas nesta fase é o que tem de ser.
Aceitam-se sugestões de coisas para fazer nesta Capital irritante. Para já, penso num curso de linguas e tirar a carta.