terça-feira, 8 de novembro de 2011

É por estas e por outras que 90% dos meus amigos são homens


Faz-me confusão gente invejosa e com falta de nível.
Pessoas baixo nível dão-me pena. Mas se forem mulheres então… parece-me inadmissível que uma criatura tão bela e elegante como a mulher seja capaz de actos tão grotescos.
 
 
Então não é que a última ex-namorada do João se faz a ele sempre que o vê?!?
É só dar-lhe o cheiro dele aí na noite, que o aborda logo, apalpa-o, faz-lhe convites para irem para a cama… e ainda pergunta por mim! A minha alma fica parva com estas falsidades! A sério…
E o brinde foi no outro dia ter tido o descaramento de esperar que ele saísse de um bar e ter-se posto à espera dele em cima do capot do carro dele, de mini-saia, perna aberta e sem cuecas!
AI QUE NERVOS!! Se eu fosse outra já a tinha ido esganar! Mas acontece que eu sim tenho nível. Nem morta faria um escândalo ou desceria à vulgaridade daquela senhora. Sim, porque ela tem 32 anos! Penso eu que já se poderia comportar, não?
 
 
E hoje, eis que uma colega de trabalho da minha mãe que vive com outro ex da “senhora em questão” e tem contacto com ela, pediu à minha mãe para me avisar para eu ter cuidado, porque a gaja é louca, ordinária e comentou com não sei quem que está furiosa por o João não lhe dar trela e andar com uma rapariga bem mais jovem, engraçadita e jeitosinha de corpo (bem… agradeço os elogios, não é?). É que verdade seja dita, ela é uma cavalona enorme sem elegancia e bem roliça… tem um belo pneuzinho e uma aparencia para lá de vulgar (só lhe falta a tabela de preços na testa).
Mas só uma dúvida: isto anda tudo louco?!? Esta mulher quando namorava com o João fartava-se de o encornar, nem se preocupava em esconder e agora que o vê bem e feliz com outra pessoa é que o quer?
 
 
Definitivamente adoro homens! São mais sinceros e jamais fariam estas coisinhas ridiculas por causa de mulheres. Partiam logo para outra, era o que era!
 
 
Resumindo queridinha: lamento se a minha existência te provoca dores de barriga terríveis mas não estou a pensar deixar que a tua inveja me atrapalhe.
A colega da minha mãe contou-lhe que também já andou a ser provocada por esta mulher, quando iniciou a relação com o actual marido (ex da cabra esta – desculpem o palavreado). E que ela até andava a distribuir histórias e boatos pela cidade, dizendo que o rapaz ia de noite ter com ela e faziam sexo madrugada dentro. Teve azar que o rapaz mudou de profissão sem ela saber e trabalhava exactamente durante as noites. Vá lá que esta relação não estragou ela… Portanto, dá para prever que ela é uma ressabiada que não deixa os ex’s refazerem a sua vida até aparecer outro para ela enfernizar. Por isso, basta-me esperar que outro pobre se transforme na nova vítima e ela apague o João da memória.
Po outro lado, tenho de admitir que é por coisas destas que eu vou confiando no João. Eu não tinha como saber que ela se pôs sem cuecas em cima do carro dele. No entanto, ele fez questão de me contar. Isso faz-me sentir bem melhor. Isso e o facto do meu melhor amigo já ter presenciado aí na night, o João a fugir desta louca e a dar-lhe com os pés.
 
 
PS: a louca esta sempre que me vê por aí, fica de olhar fixo em mim a tirar-me as medidas mas não me diz nada. Não me provoca como fazia à colega da minha mãe. Certamente por eu ter menos 10 anos do que ela. Somos de gerações diferentes, estudei fora alguns anos… ela não me conhece, nunca deve sequer ter-me visto por aí. Ainda bem. Assim não tem como fazer intrigas ou fazer com que boatos cheguem a mim.

2 comentários:

  1. Bom, isso é, de facto, coisa de mulher muito vulgarucha. Pôr-se de perna aberta só para ele cair em tentação é do mais baixo que há.

    ResponderEliminar