segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Ai Rudolfo, Rudolfo…

Suponho que já todos vocês tenham ouvido falar daquele caso de violência em que duas jovens espancaram outra, enquanto um amiguinho, o Rudolfo, gravava e depois, vangloriando-se, colocaram o vídeo no Facebook.
A semana passada foi o julgamento e, qual não foi o meu espanto, ao ver os 3 jovens agressores saírem do Tribunal de sorriso nos lábios! A sorrir, minha gente! Como é possível?? O juiz atribuiu-lhes pena suspensa, ou seja, tiveram direito a uma nova oportunidade de vida. Mas não me parece que aproveitem. Aliás, logo à saída, o Rudolfo e a própria mãe agrediram uma jornalista. A mãe então parecia extremamente orgulhosa da sua cria. Chamou otários aos jornalistas e fez o seguinte gesto para as câmaras:


De facto, não se pode esperar muito de alguém que é (des)educado por uma mãe destas.

2 comentários:

  1. Foi exactamente o que disse na altura.
    Ninguém pode dar o que não tem. :(

    ResponderEliminar