segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Do amor




O Eros está doente. E eu estou nervosa.
Não se sabe o que ele tem e ainda faltam uns bons dias para vir o resultado do exame.
Na foto vê-se mal, mas dá para perceber uma vermelhidão no lábio inferior. Basicamente, ele tem o lábio vermelho, vermelho, mesmo de sangue, caiu-lhe o pelo e tem peladas nas patas traseiras.
A veterinária pensa que será um fungo mas falta saber o resultado do exame, o qual requeria duas amostras das zonas afectadas e só foi possível recolher uma, dado o carácter agressivo do Eros que decidiu atacar-me e sair a correr pela sala aos berros. Ainda se urinou de pânico e ganhou um banho ao chegarmos a casa. Deve ter sido o pior dia da vida dele! Médico e água.
Se o exame for negativo para fungos ou simplesmente inconclusivo, terão de o anestesiar para analisar bem e com calma. Sim, anestesia. Há que adormecer a fera! Diz a veterinária que não há educação nem método que funcione com este bichinho, diz que é carácter, feitio, que é assim e há-de morrer assim, agressivo, sem apreciar o toque. Este não engana, sai mesmo à mãe (eu).
Agora resta dar-lhe o triplo de mimos e aguardar.

1 comentário:

  1. As melhoras do teu bonequinho. Compreendo bem a tua aflição.

    ResponderEliminar