sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Mais coisas que não poderiam acontecer a mais ninguém senão a mim

O amigo sexy da explicação fez uma sessão de Coaching. E ficou maravilhado. Falou-me imensamente bem da rapariga, a Coacher, e o entusiasmo era tal que me disse que fazia questão que eu a conhecesse. Não fiquei muito receptiva à ideia mas ele insistiu tanto, durante semanas, que lá anui.
Ontem à noite fui ao bar dele conhecer a moça. Ela tem realmente uma energia muito boa, fez-me sentir confortavel e ao falarmos, descobrimos tanta coisa em comum, postura, valores. Gostei logo dela. E as coincidencias, os sinais, depressa chegaram à nossa conversa.
Ora lembram-se disto?
Ora uns dias antes, eu tinha reparado num cartaz colado numa parede a publicitar um espaço com sessões de Coaching. Esse cartaz estava colado ao lado de uma loja que vende roupa da marca "Cubanas". Durante a nossa conversa, fiquei a saber que a autora do cartaz era ela.
Em fevereiro, fui a uma cartomante que me previa um 2015 de muitas mudanças, uma saída desta actual cidade como máximo até setembro (parece que sim) e uma grande viagem, uma emigração que seria facultada por uma mulher que conheceria ainda nesta cidade. Esta história, aliada aos sonhos e sinais sobre Cuba e a tal mulher com os contactos para mim sempre me deixaram a pensar. Pois ontem, ao contar tudo isto à Coacher, a mulher não conseguia parar de fazer gritinhos de entusiasmo e espanto pois diz que tem 4 amigos cubanos que pretendem regressar em breve ao seu país e um deles tem até a ideia de desenvolver um projecto social com crianças de bairros carenciados.
Resumindo: acho que fiz uma amiga, criamos uma empatia enorme e ficou a promessa dela me apresentar os amigos cubanos e pensarmos numa forma de eu me ir integrando na realidade daquele país, seja com uma estadia gratuita lá, para conhecer ou um estágio, um voluntariado ou a integração num qualquer projecto.
Estou a delirar até agora com estas coincidencias todas!

3 comentários:

  1. Cubanas são sapatos... Lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, anónimo. Eu na montra vejo roupa, lá para dentro poderá haver mais coisas. Nunca entrei.

      Eliminar
  2. Já sabes que sou descrente mas há coincidências do caraças! :p A minha amiga mexicana já esteve em Cuba e adoroooou! Pelo que me disse, lá as pessoas nao podem receber estrangeiros em casa, é ilegal. Assim eles são sempre obrigados a pagar alojamento e entra dinheiro para o país. Mas essa minha amiga ficou em casa de pessoas. Apenas há problemas se houver uma denúncia. Anyway, tens aí uma base que poderás explorar mais tarde. :)

    ResponderEliminar